sábado, 3 de novembro de 2012

Sem dizer adeus

Decidida, apagou seu último cigarro, pegou a bolsa e saiu. Bateu a porta sem olhar para trás. Nada mais lhe restava naquela casa, só haviam lembranças de um passado sórdido. Saiu em busca de uma nova perspectiva de vida. Cansou do peso nas costas que o esperar lhe causava. Queria tranquilidades intermináveis, dias felizes e paz na alma para poder viver. Sabia que sair em busca de sua felicidade era uma coisa arriscada, mas era ousada demais para desistir. Odiava o fato de ter que ficar esperando a sorte bater em sua porta, sabia que, isso não era uma opção, a vida lhe chamava faminta, distinta, como quem não pode esperar o minuto subsequente. Ninguém sabe seu nome ao certo ou que fim sua vida levou, só sabe que ela fora corajosa por arriscar num futuro incerto. 

27 comentários:

  1. Olá Madonna!

    Essa é a decisão mais difícil, porém necessária, seguir em frente e, apesar de tudo, não perder a fé em dias felizes.

    Seu espaço está lindo e desejo muito sucesso!

    Camila Gomes
    http://camillacris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Seguir em fte, desbravar limites, ir em busca de águas mais profundas, por vezes uma necessidade, sair da área de conforto, bela página, adorei, pra vc bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, seja bem-vindo sempre. Bom sábado! *-*
      Beijos

      Excluir
  3. seu blog esta bonito. Obrigada pela visita no meu.

    bejos

    http://memoriasdeumaanonima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Madonna,

    Adorei seu blog, obrigada pela visita! Sempre será muito bem vinda!

    Bjus...

    Angela
    Astros e Filmes

    http://astrosefilmes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A vida por si só já é um risco, não é mesmo?
    Gostei muito daqui.
    Um beijo, @pequenatiss.

    ResponderExcluir
  6. Viver é isso, arriscar sempre que for preciso!
    Estou te seguindo também (:
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo, é preciso coragem para nos livrar de algo né?
    Gostei muito daqui,estou te seguindo.
    Beijos.
    http://www.avidaemletras.com/

    ResponderExcluir
  8. Cinco letras…
    Cinco pontas de cadente perdida na aurora
    Na loucura de alguns instantes escrevo
    Descalço vou adiante num ir longe, embora

    Solto das mãos murmúrios sussurrantes
    Do basalto explode um bando de pombos bravos, alguns negros
    Há um livro branco apenas com a palavra ausência
    Há uma carta de marear para um rumo de mil segredos

    Flores de solidão crescem em pedaços de fria lava
    Um espantalho saltou-me do bolso a remexer
    Uma sombra desceu a janela e tocou-me
    Cerrei olhos para sentir o que não queria ver

    Luminoso fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  9. Cinco letras…
    Cinco pontas de cadente perdida na aurora
    Na loucura de alguns instantes escrevo
    Descalço vou adiante num ir longe, embora

    Solto das mãos murmúrios sussurrantes
    Do basalto explode um bando de pombos bravos, alguns negros
    Há um livro branco apenas com a palavra ausência
    Há uma carta de marear para um rumo de mil segredos

    Flores de solidão crescem em pedaços de fria lava
    Um espantalho saltou-me do bolso a remexer
    Uma sombra desceu a janela e tocou-me
    Cerrei olhos para sentir o que não queria ver

    Boa semana

    ResponderExcluir
  10. "...Às vezes há momento de começara voar em meio a temores."
    Só esperar cansa, desanima... e não dá em nada.

    ResponderExcluir
  11. Olá Madonna,

    Boa tarde! Hoje, estou aqui para pedir seu apoio.
    25 de novembro. Poucos têm conhecimento da importância dessa data.
    Por favor, tire cinco minutos apenas e abrace essa causa! Visite meu espaço e deixe sua solidariedade.
    Por uma vida sem violência! Temos nossas palavras, vamos usá-las juntos!

    http://camillacris.blogspot.com.br/2012/11/a-mulher-que-colecionava-naos.html

    Obrigada!
    Camila Gomes

    ResponderExcluir
  12. E como é bom quebrar correntes. Ela com certeza sabia o que estava fazendo e onde indo, embora ninguém compreendesse.

    Beijos
    http://manuellamontesanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ola !! Gostei de seu texto.Realmente temos que deixar as coisas que não nos faz bem e seguir em busca da que vão nos fazer bem.

    Um abraço.

    Ricardo

    ResponderExcluir
  14. Inventei a ironia numa toada de vento
    Roubei as asas a uma gaivota azul
    Colei-lhes um poema cheio de penas
    E enviei-o para uma tonta do sul

    Inventei um mar numa bola de sabão
    Roubei uma corda forte e boa
    Atei um rol de mágoa à mesma
    E afoguei-as nas águas de uma lagoa

    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  15. Oiii adorei o blog *-*

    Já estou seguindo se possível queria que você desse uma espiadinha la no meu blog ^^ (se gostar segue, ok?)
    BJs <3

    ---cupcake-de-limao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Que lindo o texto! É, seguir em busca da felicidade é difícil, mas só basta acreditar.
    Bjs.
    Já segui o seu blog, segue o meu?

    ResponderExcluir
  17. http://lovesweetcherry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Seu blog é lindo, parabéns.
    Visita o meu também? Se gostar me segue, vou te seguir também :)

    Raquel Consorte

    http://raquelconsorte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Belíssimo conto!
    Flor, amei seu blog e já estou seguindo. Visite-me e se gostar siga-me também. Podemos trocar ideias, o que acha?

    Curta no face:
    http://www.facebook.com/pages/BLOG-Angel-Poubel/593476004003339?ref=hl

    Big bj ;*
    http://angelpoubel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá. Parabéns pela postagem. Estou seguindo seu blog, e gostei muito dele. Siga o meu gauchaopina.blogspot.com, se puder. Curta a minha página no Facebook também: http://www.facebook.com/BlogPlanetaCurioso?ref=hl Até mais e obrigado. Um abraço. Blog bem legal !

    ResponderExcluir
  21. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito do que vi !
    Muito difícil encontrar espaços bacanas como este :_)

    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada,

    http://bolgdoano.blogspot.com.br/

    Agradeço desde já !

    ResponderExcluir
  23. Tantas palavras sacudidas, que as fotos essas, foram banidas. Brinco claro. Se ela saiu é porque alguma coisa não lhe agradava, e quando mais não resta, resta sair. Bjinhos.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir

"Venha quando quiser, ligue, chame, escreva - tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim."